Protection of
KEY HABITATS

 

TORNANDO A PESCA SUSTENTÁVEL A MELHOR ESCOLHA

Como em muitos países costeiros, o setor pesqueiro é parte essencial da paisagem social e econômica de Cabo Verde, tendo um papel importante no fortalecimento da segurança alimentar, na geração de empregos, e na redução da pobreza. Durante a última década, a redução dos estoques pesqueiros e a sazonalidade cada vez mais imprevisível deixaram este setor extremamente vulnerável à exploração.

Com o apoio do “Programa de Pequenas Ajudas” do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF-SGP), o Projeto Biodiversidade lançou “Sustentável, do Mar ao Prato”, uma campanha de conscientização ao redor da ilha com objetivo de envolver todas as partes da cadeia de abastecimento da pesca – do pescador ao consumidor – para fazerem escolhas mais sustentáveis quando se trata do peixe que eles capturam, vendem e comem.

A mensagem da campanha coloca em foco a importância da adesão efetiva do tamanho mínimo para pesca de espécies de peixe popularmente consumidas. Ainda que a espécie-alvo seja a garoupa, a campanha também destaca o tamanho mínimo de outras espécies de peixe como a cavala preta, o olho largo, e a dobrada.

Estabelecendo um gerenciamento cooperativo de áreas marinhas protegidas para proteger a principal área de biodiversidade de Sal

Financiado pelo Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF, sigla em inglês para Critical Ecosystem Partnership Fund) e com o apoio direto das Áreas Protegidas em Sal, esse trabalho de 3 anos tem como objetivo transformar a forma a qual as áreas protegidas de Sal são reconhecidas e gestionadas, ao envolver uma ampla variedade de partes interessadas públicas através dos variados estágios do desenvolvimento do projeto.

Esse esforço incluirá oficinas de treinamento abrangentes para as autoridades locais, bem como atividades de extensão e sensibilização contínuas com as principais partes interessadas em torno dos objetivos gerais, e desenvolvimento de novos protocolos relacionados à área de proteção em questão.

 

Em uma área de quase 5 km, A Reserva Natural da Costa Fragata abriga uma ampla variedade de flora e fauna, e serve como a praia de desova principal para a ameaçada população de tartarugas-cabeçudas da ilha. O fundo do mar, rico em corais e peixes, representa uma principal área de alimentação para tartarugas-verdes e de pente juvenis, assim como é uma importante área de reprodução do tubarão-limão, do tubarão-enfermeiro e do ameaçado tubarão-martelo. Um dos principais objetivos do projeto é avaliar a biodiversdiade da área para melhor compreender a amplitude da diversidade de espécies na reserva em questão.

MPA Costa Fragata.jpg
MAPA de Costa Fragata

Ao longo dos últimos 10 anos, o desenvolvimento costeiro desrregulado dentro dos limites da área protegida colocou o ecossistema em risco. Enquanto inúmeras operadoras de turismo, turistas, e outros interessados ocupam espaço nessa área em vários momentos, muitos ainda precisam assumir um papel ativo nos esforços de proteção dos recusos dentro dos limites da área protegida. Esse programa tem como objetivo mudar isso.

Asset 6_300x-8.png

Implementation of the 

Management Plan

Improvement of the area with the delimitation of paths and signalling of the MPA. Increase of the knowledge of the area through active monitoring of the biodiversity and the dunes ecosystem.

Asset 3_300x-8.png

Participative and Voluntary

Creation of committees with the different stakeholders and elaboration of a Code of Conduct for the different activities, signed by tour operators, excursion providers and tour guides.

Asset 7_300x-8.png

Supporting MPA authorities

Coordination of the different enforcement authorities with new monitoring programmes on land and on the sea. Facilitation of information regarding the MPA to visitors and businesses.

Asset 5_300x-8.png

Capacity Building of MPA and NGO staff

Training of Project Biodiversity technicians and MPA guards on wildlife monitoring and MPA legislation. Improvement of the NGO organisation skills and introduction of new monitoring technics.

In addition to ongoing community engagement efforts, this programme is providing support and capacity-building for local fishers, guides, and others impacted by new management policies.
 
Complaint Mechanism
For those that think this project has negatively impacted their well-being, Project Biodiversity together with the Protected Areas Team and the CEPF regional implementation team, give the option to present an official complaint that will be studied and shared with the previously mentioned partners. Please, follow the instructions and fill up the form that you can find in this link, in Project's Biodiversity office, and in the Protected Areas cabinet.

Monitoring the sea with our Guardians of the Sea

Além dos esforços contínuos de envolvimento da comunidade, esse novo programa fornecerá apoio e capacitação para pescadores, guias e outros locais impactados pelas novas políticas de gestão, incluindo a implementação dos Guardiões do Mar, uma iniciativa liderada pela Fundação Maio Biodiversidade, em Maio, e que será adaptada para Sal, aproveitando o

 

Para aqueles que acreditam que esse projeto impactou negativamente o seu bem-estar, o Projeto Biodiversidade, juntamente com a Equipe de Áreas Protegidas e a equipe regional de implementação do CEPF, oferecem a opção de apresentar uma reclamação oficial que será estudada e compartilhada com os parceiros mencionados anteriormente. Por favor, siga as instruções e preencha o formulário que pode ser encontrado nesse link, no escritório do Projeto Biodiversidade e no gabinete das Áreas Protegidas.

P1235724.jpg

Guardiões do Mar:
Ilha do Sal

These programmes are funded by:

cepf-logo.png

O Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos é uma iniciativa conjunta de Agência Francesa de Desenvolvimento (L’Agence Française de Développement), Conservação Internacional (International Conservation), União Europeia, Fundo Mundial Para o Ambiente (Global Environment Facility), Governo do Japãos e o Banco Mundial. Um objetivo fundamental é garantir que a sociedade civil esteja engajada na conservação da biodiversidade.